Queda de Cabelo‎ > ‎

Medicamentos contra a queda do cabelo

Publicado a 27/03/2011, 12:05 por Ana Sofia
Existem centenas, senão milhares de produtos que prometem a cura para a queda do cabelo masculina, mas nem todos são comprovados cientificamente e aprovados pelas entidades reguladoras de saúde no mundo como sendo realmente eficazes. São medicamentos essencialmente destinados aos homens pois são estes os mais afectados por este problema, e provavelmente por isso, os laboratórios dedicam mais meios à sua investigação.

  • Propecia, cujo componente activo é o finasteride foi inicialmente comercializado pelos laboratórios Merck, mas já existem inúmeras marcas genéricas no mercado. É um comprimido tomado diariamente que inibe as enzimas que transformam a Testosterona (hormona masculina) em DHT, outra hormona que os estudos provaram estar directamente relacionada com a calvície por se encontrar em grandes quantidades nos folículos capilares de quem sofre de alopecia androgenica. No entanto apresenta alguns efeitos secundários como diminuição do libido, disfunção eréctil, ginecomastia (aumento das mamas nos homens) e aumento da probabilidade de cancro da mama;
  • Rogaine, de componente activo minoxidil com vários genéricos e concentrações à venda no mercado, liquido aplicado sobre as áreas afectadas. É um vasodilatador, facilitando a circulação, e promovendo o crescimento capilar. Os seus efeitos secundários, incluem crescimento de pelos noutras partes do corpo, retenção de fluidos e taquicardia, reacções cutâneas, disfunção eréctil para além de outras complicações cardiovasculares.
Como se pode concluir não há bela sem senão, e os efeitos secundários não são menosprezáveis, embora os laboratórios afirmem que a quantidade de pessoas afectadas é muito baixa, será verdade? ou é apenas uma campanha de marketing?

Outros medicamentos comprovados cientificamente são:
  • Avodart: Componente activo dutasterida, em comprimidos, actua de forma semelhante ao finasteride, inibindo as enzimas tipo 1 e 2, o finasteride inibe apenas as do tipo 1; 
  • Nizoral: Já abordado no nosso artigo Cabelos na Primavera, é um champô, é indicado também para mulheres, e apresenta poucos efeitos secundários.
Utilize apenas este tipo de medicamentos como último recurso, embora alguns dos seus efeitos secundários possam desaparecer após a interrupção da sua utilização, outros efeitos podem tornar-se crónicos.
Comments