Artigos‎ > ‎

Efeitos do estresse nos cabelos

Publicado a 29/01/2012, 08:52 por Ana Sofia
O estress ou stress tanto físico como mental podem causar alterações na saúde do cabelo.

estresse-stress e cabelos

Tendo como base um estudo desenvolvido no departamento de Dermatologia da Universidade-Hospital de Schleswig-Holstein e da Universidade de Lübeck esta reacção do organismo como consequência de alterações no modo de vida quer por alterações no trabalho, desemprego, crise financeira, morte, doença de pessoas queridas e problemas de relacionamento alteram o perfil hormonal que em determinadas circunstâncias provoca perda de cabelo. Os dados obtidos permitem esboçar uma explicação biológica de como o estresse/stress pode desencadear ou agravar eflúvio telógeno e alopecia areata.
Efeitos do estresse nos cabelos

Nem sempre acontece, nem existe um padrão para classificar este fenómeno no ser humano, mas quase todos nós passamos por uma ou mais experiências idênticas. Os fios capilares começam a cair de uma forma acelerada aumentando ainda mais a depressão ou ansiedade, parece um fluxo que se auto-alimenta. A boa noticia é que esta perca é quase sempre temporária e logo que os efeitos passem os fios voltam a nascer. A má noticia é que a recuperação pode levar vários meses e entretanto é necessário viver com uma rarefação capilar.
A única forma é tentar minimizar os efeitos e esperar que esta fase passe depressa, para isso aconselhamos:
  • Pratica de uma atividade relaxante como por exemplo Yoga ou Reiki;
  • Redobrar os cuidados com a alimentação para os cabelos;
  • Em casos graves de depressão ou ansiedade consulte o seu médico;
  • Nas depressões ou fases de ansiedade ligeiras pode optar por suplementos naturais de Rhodiola ou Ashwagandha (ginseng indiano);
  • Tome chá de hipericão, também conhecido por erva de São João (Hypericum Perforatum). O hipericão é aconselhado para estados depressivos suaves a moderados, ansiedade e insónia, no entanto têm efeitos adversos como a interacção com outros medicamentos anti-depressivos e contraceptivos orais como a pílula atenuando as suas funções;
  • Durma bem, estabeleça um horário deitando-se antes das 23 horas, durma 7/8 horas diárias;
  • Um reputado neuro-psiquiatra, David Lewis, especializado em medir ondas cerebrais através de métodos não invasivos aumentou os níveis de stress de um grupo de participantes e mediu as suas ondas cerebrais após escutarem uma série de músicas. A canção vencedora foi Weightless de Marconi Union, consegui produzir níveis de relaxamento superiores a qualquer massagem, bebida ou meditação. Escolha as suas músicas de relaxamento e escute-as com frequência.

Siga estes conselhos para minimizar os seus níveis de estress/stress e felizmente depois da situação traumática diminuir, é bem provável que o seu cabelo renascerá saudável.