Artigos

Publicação de artigos sobre saúde dos cabelos, cuidado, tendências, moda e estética dos  cabelos.

Chá verde para problemas de pele

Publicado a 10/03/2013, 13:07 por Informação Saúde

Uma nova avaliação a 20 estudos já publicados anteriormente concluiu que o uso tópico ou oral do chá verde é bastante eficaz contra problemas de pele e nomeadamente perda de cabelo causada por alopecia androgenica.


cha verde para a pele


O chá verde atua a nível hormonal sobre os mecanismos que conduzem à queda capilar. Regula e normaliza os níveis da SHBG (Globulina ligadora de hormônios sexuais) que apresenta níveis extremamente baixos em quem sofre do padrão de calvície masculino. Para além de vários benefícios, esta planta é um poderoso anti-inflamatório reduzindo as inflamações nas raízes do couro cabeludo. 


Outras investigações aconselham ainda a ingestão de isoflavonas de soja, algas e probióticos em simultâneo com a Camellia Sinensis para reduzir os níveis de DHT. 

As conclusões gerais são mais abrangentes e sugerem que a administração oral do chá verde é eficaz na prevenção do cancro, acne, dermatite atópica, rosácea, hirsutismo, calvície, queloides, candidíase e verrugas. Os resultados são promissores para diversos problemas dermatológicos contudo não está efetivamente provado cientificamente a sua eficácia.



Esta avaliação foi efetuada pelo Departamento de Dermatologia da Universidade de Ciências Médicas do Irão e encontra-se publicado em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23346663

Proteger cabelos na piscina

Publicado a 29/09/2012, 10:21 por Ana Sofia

O truque foi-nos revelado a partir das nadadoras campeãs de natação sincronizada espanholas que passam todos os dias, horas a treinar submersas em água cheia de cloro e químicos.

Proteger brilho e saúde dos cabelos nas piscinas

Para conseguirem manter a beleza dos seus cabelos utilizam gelatina de peixe em pó que é vendida em saquetas, normalmente para uso culinário.
Este pó é obtido industrialmente das bexigas do bacalhau, esturjão e carpa, comercializado em embalagens com o seu conteúdo em pó seco.
Todos os dias antes de entrar na piscina, misturar num recipiente uma pequena quantidade de gelatina com água quente e mexer fortemente, aplicar sobre os cabelos, untando as madeixas com a mistura.
Obtêm-se uma película brilhante, tipo borracha que não só protege do cloro e químicos como nutre e abrilhanta os fios.
Algumas variedades podem ter uma pequena desvantagem relativamente a um ligeiro odor que passa com a habituação, se não for o caso, pode recorrer aos produtos comerciais ou às toucas próprias de natação.

Cabelos com pontas duplas ou espigados

Publicado a 17/06/2012, 09:12 por Ana Sofia   [ atualizado a 26/03/2013, 04:20 por Informação Saúde ]

Designa-se por pontas duplas ou espigados quando os fios capilares se dividem em dois, geralmente nas pontas. Nalgumas situações podem apresentar mais pontas em diversas partes dos fios.
Cabelos espigados ou com pontas duplas

Trata-se de uma deformação que é normalmente causada por agressão externa e que pode revelar uma fraca saúde dos cabelos. 
Somente o próprio através de uma análise ao seu comportamento e estilo de vida poderá determinar as origens das causas, que podem ser:
  • Alimentação com carências nutricionais;
  • Cloro de piscinas;
  • Escovar com muita força;
  • Excesso de sol que provoca queimaduras;
  • Químicos de produtos de coloração;
  • Temperaturas elevadas de secador ou ferro de alisar;
  • Alguns penteados que provoquem tensão nos fios com ganchos ou rabo de cavalo.
Estrutura dos fios capilares

A estrutura dos cabelos é constituída por 3 partes:
  • Medula;
  • Córtex;
  • Cutícula.
Um cabelo saudável terá os seus fios uniformes e regulares, quando se encontra em mau estado abre fissuras na cutícula e córtex criando ramos que podem ir aumentando de tamanho à medida que se vão desprendendo da estrutura principal.
A única solução para resolver as pontas espigadas é cortar. No entanto se as causas não forem eliminadas e não tomar medidas preventivas ele voltará a ter pontas duplas.
Eis algumas formas de prevenção:

A saúde pela cerveja

Publicado a 15/05/2012, 03:24 por Ana Sofia

A cerveja é um otimo produto para os cabelos, e pode ser aplicada de diversas formas consoante a finalidade pretendida.

Cerveja para uns cabelos bonitos

Uma das suas grandes vantagens são os beneficios para a saúde e beleza dos fios capilares.
A cerveja é rica em vitaminas do complexo B e em proteínas provenientes do malte e lúpulo que ajudam a reparar as fibras capilares, os açucares como a maltose e sacarose reduzem as cutículas dando um maior brilho.
Esta bebida pode ser usada quer para dar maior volume em ocasiões especiais, aumentar o brilho ou simplesmente como tónico capilar. A sua utilização deve ser esporádica não substituindo outros tratamentos.
A sua utilização deposita nos fios uma pelicula proteica que confere um aspeto mais espesso e volumoso aos penteados fazendo parecer que tem mais cabelo, uma alternativa natural, simples e barata aos tónicos de volume, com a vantagem de dar mais brilho.
Os benefícios e resultados variam de pessoa para pessoa e dependem como é obvio do tipo de estrutura capilar, sendo no entanto aconselhável para cabelos oleosos.

Deixamos aqui alguns tratamentos fáceis de fazer em casa:
  • Condicionador: Aqueça um copo de cerveja, de seguida misture uma colher óleo de Jojoba. À temperatura ambiente aplique o condicionador;
  • Shampoo: Adicione 3 medidas do seu shampoo habitual a uma medida de cerveja. Misture bem e utilize para lavar a cabeça;
  • Tónico: Aplicação simples com uma pequena massagem deixando atuar durante pelo menos meia hora antes da lavagem.

Sendo um produto barato e de fácil acesso não custa tentar e verificar se os resultados pessoais são satisfatórios, de preferência com a utilização de cervejas mais naturais, pois as comerciais tem muitos conservantes e aditivos que podem prejudicar os resultados pretendidos.
Suplemento levedura de cerveja
Um dos melhores suplementos alimentares para o crescimento capilar é o levedo ou levedura de cerveja de cerveja disponível na forma de flocos ou pó, é muito rica em proteínas, vitamina B e sílica. Teve ser tomada diariamente como forma de fortalecer e dar vida aos cabelos.

Efeitos do estresse nos cabelos

Publicado a 29/01/2012, 08:52 por Ana Sofia

O estress ou stress tanto físico como mental podem causar alterações na saúde do cabelo.

estresse-stress e cabelos

Tendo como base um estudo desenvolvido no departamento de Dermatologia da Universidade-Hospital de Schleswig-Holstein e da Universidade de Lübeck esta reacção do organismo como consequência de alterações no modo de vida quer por alterações no trabalho, desemprego, crise financeira, morte, doença de pessoas queridas e problemas de relacionamento alteram o perfil hormonal que em determinadas circunstâncias provoca perda de cabelo. Os dados obtidos permitem esboçar uma explicação biológica de como o estresse/stress pode desencadear ou agravar eflúvio telógeno e alopecia areata.
Efeitos do estresse nos cabelos

Nem sempre acontece, nem existe um padrão para classificar este fenómeno no ser humano, mas quase todos nós passamos por uma ou mais experiências idênticas. Os fios capilares começam a cair de uma forma acelerada aumentando ainda mais a depressão ou ansiedade, parece um fluxo que se auto-alimenta. A boa noticia é que esta perca é quase sempre temporária e logo que os efeitos passem os fios voltam a nascer. A má noticia é que a recuperação pode levar vários meses e entretanto é necessário viver com uma rarefação capilar.
A única forma é tentar minimizar os efeitos e esperar que esta fase passe depressa, para isso aconselhamos:
  • Pratica de uma atividade relaxante como por exemplo Yoga ou Reiki;
  • Redobrar os cuidados com a alimentação para os cabelos;
  • Em casos graves de depressão ou ansiedade consulte o seu médico;
  • Nas depressões ou fases de ansiedade ligeiras pode optar por suplementos naturais de Rhodiola ou Ashwagandha (ginseng indiano);
  • Tome chá de hipericão, também conhecido por erva de São João (Hypericum Perforatum). O hipericão é aconselhado para estados depressivos suaves a moderados, ansiedade e insónia, no entanto têm efeitos adversos como a interacção com outros medicamentos anti-depressivos e contraceptivos orais como a pílula atenuando as suas funções;
  • Durma bem, estabeleça um horário deitando-se antes das 23 horas, durma 7/8 horas diárias;
  • Um reputado neuro-psiquiatra, David Lewis, especializado em medir ondas cerebrais através de métodos não invasivos aumentou os níveis de stress de um grupo de participantes e mediu as suas ondas cerebrais após escutarem uma série de músicas. A canção vencedora foi Weightless de Marconi Union, consegui produzir níveis de relaxamento superiores a qualquer massagem, bebida ou meditação. Escolha as suas músicas de relaxamento e escute-as com frequência.

Siga estes conselhos para minimizar os seus níveis de estress/stress e felizmente depois da situação traumática diminuir, é bem provável que o seu cabelo renascerá saudável.

Escovas e Pentes

Publicado a 24/11/2011, 10:45 por Ana Sofia

Mude para escovas e pentes feitos com materiais naturais.

Escovas e pentes - Saúde dos Cabelos

Os acessórios podem não ter grande influencia na saúde dos seus cabelos mas dão uma ajuda.
Substitua as escovas de plástico e materiais sintéticos por madeira ou cerdas naturais (de javali por exemplo), e por pentes de cerâmica ou madeira, pois permitem aliviar a irritação do couro cabeludo e diminuir a electricidade estática.

É importante manter os cabelos penteados, não só pelo aspecto estético e de beleza mas porque também ajuda a retirar o excesso de sujidade, particularmente ao chegar a casa e antes de deitar. A escovagem deve ser feita de forma suave para não partir ou estragar os fios capilares, se tem tendência para cabelos oleosos deve evitar o contacto com o couro cabeludo para não aumentar a segregação das glândulas sebáceas.
Lave regularmente as escovas e pentes, uma vez por semana, utilizando água corrente com sabão ou champô, pode utilizar uma escova de dentes usada para ajudar a retirar o excesso de sujidade se for o caso, limpe com uma toalha e se possível deixe secar durante uma hora ao sol.

Alimentos para um cabelo saudavel

Publicado a 23/10/2011, 08:53 por Ana Sofia

Para um cabelo saudável um dos fatores mais importantes são os alimentos.
Alimentos para um cabelo saudável
Comer bem com produtos ricos em nutrientes ajudam a saúde em geral e são a melhor forma de ter uma cabeleira bonita, por isso não chega utilizar um bom shampoo ou hidratante, o primeiro e mais importante passo começa na cozinha. 
Coma com regularidade:
  • Peixes gordos, são ricos em ómega 3, em iodo e em cálcio. Prefira os peixes de mar em vez dos de viveiro como a sardinha, atum, cavala e salmão selvagem. Se for vegetariano/a substitua por abacate e sementes de linhaça moídas. O peixe deve ser comido 3-4 vezes por semana, grelhado ou cozido para manter os seus nutrientes;
  • Vegetais verdes escuros, como couves, agrião, rúcula, brócolos e espinafres, ricos em vitaminas e sais minerais como o ferro e o cálcio. Deve ser ingerido pelo menos uma porção diária;
  • Aveia, sendo um cereal muito nutritivo e completo é conhecido pela sua fibra solúvel que provoca a diminuição do mau colesterol e ao controlo da glicemia;
  • Frutos secos como a noz do Brasil muito rica em selénio, avelãs, nozes, amêndoas, amendoins e sementes de abóbora e girassol. Estes frutos devem ser consumidos na sua forma natural, sem sal e sem açúcar;
  • Ovos, de preferência de galinhas criadas ao ar livre no campo muito ricos em proteínas, vitamina B12 e biotina;
  • Feijão, grão de bico ou lentilhas, ricos em proteínas, vitaminas do complexo B e fibras. Devem ser consumidos 3 a 4 vezes por semana;
  • Outros alimentos como ostras muito ricas em zinco que regula a oleosidade, gérmen de trigo, rebentos de alfafa e cenouras.
Podíamos incluir muitos mais alimentos para um cabelo saudável mas todos de origem natural como frutas e legumes, a evitar estão todos aqueles que sofrem muita transformação, como cereais refinados, enlatados com conservantes, refrigerantes, fast-food, entre muitos outros.

Mais uma esperança para a calvicie

Publicado a 08/09/2011, 06:18 por Ana Sofia

Investigadores da Universidade de Yale nos Estados Unidos deram mais uma esperança para o combate à calvície.
 
Esperanca para a calvicie - Saude dos Cabelos
Estes cientistas descobriram a fonte de sinais que desencadeia o crescimento dos cabelos, uma nova visão que pode levar a novos tratamentos.
De forma simples e abreviada concluíram que eram as células de gordura responsáveis pelos sinais necessários para estimular o crescimento capilar. Um dos professores responsáveis pela publicação da investigação na revista Cell acredita que se for possível estimular estas células de forma a produzirem as mensagens que despertam as células adormecidas na base dos folículos pilosos, o cabelo voltará a crescer.
Os homens que sofrem de queda de cabelo devido a factores hormonais, o tipico padrão masculino, continuam a ter as células nas raízes capilares, mas estas perderam a capacidade de regeneração.
O que os cientistas notaram foi que quando os cabelos morrem a camada de gordura à sua volta e que é responsável pela espessura da pele diminui. Quando o crescimento é retomado a camada de gordura expande-se e cresce novamente.
 
Algumas evidências de crescimento capilar associadas à aplicação de alguns óleos no couro cabeludo podem de facto estar associadas a esta nova investigação, nomeadamente aos:
  • Óleo de coco;
  • Óleo de Emu, um óleo obtido a partir da gordura desta ave australiana e com propriedades anti-inflamatorias muito usada na cultura aborígene;
  • Óleo de Rosmaninho, existem muitas loções capilares em cuja composição entram alguns óleos essenciais como o de rosmaninho, talvez a loção mais mediática e com alguns resultados satisfatórios seja a escocesa.
São de facto boas noticias para quem sofre de queda, contudo muitos destes estudos não conduzem a efeitos práticos, e este último foi realizado em ratinhos, falta agora ser testado em humanos para continuarmos a acreditar que de facto existe uma nova esperança para o combate à calvície.

Cuidados e Conselhos para o Verão

Publicado a 20/07/2011, 09:38 por Ana Sofia

O Verão é a estação do ano que normalmente o cabelo se encontra mais exposto às agressões externas, como o sol, calor, água do mar ou de piscina. Apesar de tudo não é das piores estações do ano para a saúde dos cabelos. Com cuidados simples é possível melhorar a sua aparência e torná-los mais saudáveis através dos seguintes conselhos:
 
  • Após o banho de mar ou de piscina passe-os por água doce e deixe-os secar ao sol, de preferência quando as radiações não são muito intensas, até às 11h00m ou após as 16h00m. As radiações solares tem um efeito bactericida e estimulam a circulação sanguínea no couro cabeludo;
  • Use chapéu para evitar a exposição solar durante largos períodos de tempo e durante o horário mais perigoso das 11h00m às 16h00m;
  • Os banhos frequentes de mar e piscina podem secar em demasia os fios capilares e o couro cabeludo, em resposta o organismo responde com aumento de produção das glândulas sebáceas libertando mais gordura tornando-os oleosos em pouco tempo. Para evitar este efeito faça hidratações capilares com maior regularidade durante esta estação do ano;
  • Aumente o consumo de frutas e vegetais que lhe garantem uma protecção extra contra o sol e o envelhecimento, não se esqueça 5 doses é o minímo recomendado diariamente, 7 o ideal, 9 doses a perfeição;
  • Aumente a ingestão de líquidos preferencialmente água ou sumos de fruta naturais, evite os refrigerantes e bebidas alcoólicas;
  • As férias têm um efeito anti-stressante, o factor ideal para manter um equilibrio hormonal perfeito, aumentando o bem-estar e reduzindo a queda devido a estes factores, aproveite e relaxe disfrutando com harmonia este período.

Cura para o cabelo grisalho

Publicado a 19/06/2011, 07:27 por Ana Sofia   [ atualizado a 19/06/2011, 08:03 ]

A cura para o cabelo grisalho está próxima, o mecanismo que conduz a este processo foi publicado pela revista
Cell, uma das revistas científicas mais importantes do mundo numa investigação conduzida pela New York University School of Medicine. A investigação demonstrou que a ausência ou insuficiência da proteína Wnt inibe o aparecimento de novos fios capilares e impede a formação de cor.
Está assim aberta uma nova esperança no combate à calvície e aos cabelos grisalhos e brancos, e o mesmo estudo pode ajudar a combater doenças ainda mais graves.
A investigação efectuada em ratinhos mostrou como a sinalização da proteína Wnt permitiu que as células dos folículos e dos melanócitos (célula que produz melanina, o pigmento que dá a cor natural ao cabelo) interagem para gerar o crescimento capilar e produzir pigmentos, isto quer dizer que funcionou nos ratinhos e os testes avançam agora para o ser humano com grande probabilidade de êxito.
Infelizmente vamos ter de esperar cerca de 3 anos até ter provavelmente um comprimido para a cura, até lá resta-nos os métodos tradicionais de pintura.
 
Artigo de Investigação

1-10 of 15